Blog - RPPN não impede que o proprietário continue com sua produção

Reserva pode ser criada em uma parte do imóvel apenas



Na última semana, nosso parceiro local do Tocantins, Ricardo Haidar, fez uma visita à Fazenda Macaia do Carmo, uma área de cerca de 600 hectares, na qual o proprietário e sua família produzem soja, porém de forma bastante diferenciada em relação a corredores ecológicos e manejo da paisagem integrando produção de água, biodiversidade nativa e cultivares agrícolas.

Como o proprietário soube que a criação de uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) em uma área de seu imóvel não impede que ele continue com sua produção fora da reserva, o mesmo procurou o projeto para saber se era possível criar uma RPPN com 40-60 hectares.

Obviamente que sim, até porque a área onde se está estudando a criação da reserva contém uma linda cachoeira, um espaço bem natural que merece ser conservado e também pode gerar renda ao proprietário por meio da visitação via turismo sustentável.

Este é um exemplo interessante de que é possível criar uma RPPN em uma parte da propriedade e continuar com a produção. Trata-se de uma atitude responsável de conservar, ao menos uma parte do imóvel, em especial que possua biodiversidade e recursos naturais, para a atual e as futuras gerações.

Se você possui uma propriedade no Cerrado e quer deixar um legado de conservação para as futuras gerações, entre em contato conosco! Mais informações no nosso site. Link na bio!



Fotos: Ricardo Haidar